Festa de divórcio

24 11 2010

Lá pelos idos de 2004 eu acompanhava a minissérie Um Só Coração, da Globo, cuja personagem central era Yolanda Penteado (Ana Paula Arósio), de família tradicional da alta sociedade paulista. A certa altura da trama ela se casa com o também tradicionalíssimo paulistano Francisco Matarazzo Sobrinho (Edson Celulari) e juntos eles fundam o Museu de Arte Moderna (MAM), em 1948, organizaram a Bienal de São Paulo em 1951 e incentivam a arte como Mecenas. No final da minissérie, o casal decide se separar e dão uma grande festa para comunicar a decisão aos amigos, que ficam pasmos com a atitude. Eu simplesmente AMEI, fiquei fascinada com a idéia e com a ousadia do casal e, de uma maneira que só Freud explica, eu que nunca gostei da idéia de uma festa de casamento passei dias sonhando com uma festa de descasamento.

Entra ano sai ano, muito tempo se passou e eu parei de sonhar com a tal festa mas nunca a esqueci (e continuei achando o máximo). E qual minha surpresa ao descobrir que virou moda e que a grande inspiração citada por quem tem feito a festa no Brasil é exatamente essa cena da minissérie.

Bolos, convite e kits decoração:

Reportagens sobre a “moda” das festas de descasamento:
Uol Comportamento
Isto É
Blog Pop

Dicas de organização de festa
Divorce 360

Imagens: Uol e Google Images

Anúncios

Ações

Information

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: