Identificadores de copos

3 12 2010

Atire a primeira pedra de gelo quem nunca perdeu seu copo numa festa porque apoiou em algum lugar e depois não fazia idéia de qual era o seu no meio dos vários copos apoiados no mesmo lugar.

Se for receber pessoas em casa nessa época de festas, seja um bom anfitrião e facilite a vida dos seus convidados com identificadores de copos.

Existem algumas opções no mercado que vão desde simples anéis coloridos (da Mistral) até os mais divertidos como os monstrinhos de silicone que aderem aos copos da Gift Express.

Soluções caseiras também são simples de inventar, como fitas coloridas amarradas nas hastes das taças ou papés impressos com desenhos ou mesmo o nome dos convidados.


Casamenteiras





Koziel produtos para decoração

11 06 2010

A Koziel é uma loja francesa que vende coisas divertidas e cenográficas (como eles mesmo preferem definir) para decoração. Olha só que legal:

Revestimento de parede imitando outros materiais

Objetos e animais. Esses aqui não são adesivos, são de um material mais durinho, tipo esses usados em ponto de venda, sabe? Como se fosse um papel cartão bem grosso.

Molduras. Na loja eles sugeriam usar para emoldurar fotos, imagens, espelhos e até TVs e monitores de tela plana!

Portas. Para colar em portas ou simplesmente na parede, criando um portal para um lugar totalmente diferente. Foram as minha preferidas… já fiquei imaginando algumas dessas espalhadas pela minha casa…hahaha

Imagens: site Koziel





Caderninhos

27 05 2010

Numa hora de insônia, resolvi fazer uns caderninhos de bolsa mais ou menos nos moldes daquele que aprendi a fazer outro dia. Só que fiz bem mais simplezinho, menorzinho e fininho, com capa de papel de scrap.

Até que foi uma insônia produtiva, não? Adorei o tamanho! Vou comprar mais papéis e fazer mais alguns.





Carregando cicatrizes

17 03 2010

Tenho uma cicariz no peito mais ou menos recente (ainda é bem vemelha e sensível ao sol) que tem feito eu rever todo o meu guarda roupa, porque o mais comportado decotinho já deixa ela à mostra, ou melhor, em evidência. Vivo fugindo do sol e com protetor fator 50 na bolsa, fora que toda vez que eu tento arriscar algo mais abertinho um monte de gente comenta. Os velhinhos que adoram me abordar pra perguntar brincando quantas safenas eu fez – Alô velhinhos, essa brincadeira é muito sem graça viu?

Uma das meninas do trabalho costuma dizer que as cicatrizes são como troféus, simbolizam as adversidades que vencemos na vida. É uma boa maneira de enxergá-las. E parece que mais gente pensa assim. De fato, tem um site que produz tais troféus, o It´s my scar. Eles produzem uma réplica da cicatriz no formato de colar, pulseira ou o que você preferir. O resultado fica bem bonito.

Mesmo assim não me animo não. Fica a dica para quem quiser. Eu estou tentando aprender maneiras de disfarçar a minha com maquiagem pra poder voltar a usar um decotezinho quando não precisar mais proteger ela do sol.

Em tempo: Alguém mais pensou em Harry Potter e um pingente em forma de raio?

Via Oficina de Estilo.