Testado: hidratantes com proteção solar

11 05 2010

Lembram que tempos atrás eu falei do lançamento do Hidrafil Anti-aging, que se cumprisse tudo o que prometia seria perfeito? Então, testei esse e alguns outros produtos em busca do creme “perfeito” e vim partilhar minhas descobertas com vocês.

Primeiro, o que vem a ser o creme “perfeito” pra mim (sempre entre aspas porque sabemos que perfeição de verade não existe)? Minha avaliação levou em conta minhas seguintes necessidades: 1) Hidratação 2) Proteção solar 3) Não deixar “cheiro de praia” 4) Não ficar melequento 5) Praticidade 6) Acessibilidade (preço).

Comecei minha busca pelo Hidrafil Anti-aging – Stiefel, que já tinha me interessado. Tem FPS 24 e promete, além de hidratar e proteger, ajudar na luta anti-sinais. A consistência é bem fluida, espalha na pele rapidinho, não tem cheiro e não deixa brilho. Porém, como minha pele é muito ressecada, a hidratação não foi suficiente. Pra peles oleosas deve ser muito bom.

Parti então para o Hydraphase XL – La Roche Possay. Ele tem uma válvula pump (é esse o nome?) que libera o produto aos poucos em forma de espuma, com uma consistência deliciosa e perfuminho suave. Contém água termal e tem de longe a melhor textura. À primeira vista o preço parece ser mais alto, mas vem mais produto – 50ml contra 30ml dos outros – e a qualidade é sensivelmente superior. Só não virou meu companheiro fiel para o resto da vida porque o FPS 15 é meio baixo, então precisei procurar uma opção para os dias de sol mais forte.

Eis que o amigo escolhido para os dias ensolarados foi o L´Oreal UV Perfect. Ele tem FPS 30 e um leve cheiro de protetor, mas é bem pouco e desaparece rápido. Diz a embalagem que ele previne que as partículas poluentes se fixem na pele. Já não sei quanto a isso, mas o resultado geral é muito bom. A embalagem é a melhor dos três pois é pequena e resitente. Vai revezar com o Hydraphase na minha bolsa.

Anúncios




Testado: Piercing – L´acqua de Fiori

10 01 2010

Este creme eu ganhei no Natal e tem um cheirinho delicioso, textura macia e deixa uns brilhinhos na pele que refletem na luz. Tudo bem que eu ainda não decidi se gosto ou não desses brilhinhos porque são bonitinhos mas não dá para ir pra qualquer lugar brilhando que nem vampiro do Crepúsculo toda vez que bate uma luz. Eu nunca tinha tido nada da L´acqua de Fiori e foi uma ótima surpresa. Recomendo!

Atualização: descobri que a fragrância desse creme é semelhante à do perfume Angel.